Feugiat nulla facilisis at vero eros et curt accumsan et iusto odio dignissim qui blandit praesent luptatum zzril.
+ (123) 1800-453-1546
info@example.com

Related Posts

Welcome to MedicalPress a Premium Medical Theme

Osteoporose é a principal causa de fraturas em pessoas maiores de 50 anos

Osteoporose é a principal causa de fraturas em pessoas maiores de 50 anos

A osteoporose é caracterizada pela diminuição da massa óssea. A consequência são ossos frágeis que têm maior possibilidade de fraturas.

Atualmente a osteoporose é a principal causa de fraturas em pessoas maiores de 50 anos.

As principais vítimas da osteoporose são mulheres na pós-menopausa e idosos.

A osteoporose é tida como uma doença silenciosa, que costuma ser diagnosticada após uma fratura.

Como não tem cura, o tratamento da osteoporose tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida da pessoa e diminuir o risco de novas fraturas.

Prevenção

A prevenção da osteoporose envolve manter bons hábitos como rotina de atividade física, boa alimentação e evitar o cigarro e as bebidas alcoólicas.

A ingestão de cálcio é fundamental para a renovação óssea e prevenção da osteoporose.

De acordo com o Ministério da Saúde, a indicação ideal é mil miligramas por dia, o que equivale a quatro porções lácteas.

Além do leite e derivados, que são as melhores fontes, o cálcio também pode vir de alimentos como brócolis e demais vegetais com folhas verde-escuras.

A vitamina D também é fundamental para a prevenção da osteoporose, pois sem ela a absorção do mineral fica prejudicada.

A melhor forma de conseguir a vitamina D é pelo banho de sol. Bastam 15 minutos diários sem protetor solar, logo no início da manhã.

Exercícios que estimulem a formação de massa óssea são os mais indicados. Atividades que envolvem maior impacto estimulam também o ganho de força muscular, o que ajuda na prevenção das quedas.

Mulheres que entram na menopausa devem se informar, com seu médico, sobre a necessidade de algum tratamento especial.

Para algumas mulheres é indicado fazer o exame de densitometria óssea a partir dos 45 anos, como forma de prevenção da osteoporose.

Deixe o cigarro de lado, pois o tabagismo pode levar a um quadro de osteoporose, já que o cigarro destrói as células que formam os ossos.

Redobre a atenção se houver casos de osteoporose na família, pois a predisposição genética é um fator de risco.

Diagnóstico e Tratamento

Em consulta, o médico costuma avaliar idade, peso, altura, histórico de fraturas na família, uso de cortisona e hábitos como fumar e beber, para considerar uma possível osteoporose.

A confirmação é feita através da densitometria óssea, um exame capaz de ver o osso por dentro e medir sua densidade mineral, prevendo até o risco de fraturas.

O tratamento da osteoporose inclui a manutenção de hábitos mais saudáveis e o uso de alguns medicamentos que melhoram a resistência do osso, impedindo sua degeneração.

Lembre-se sempre: apenas o seu médico de confiança pode avaliar o seu caso e, se necessário, indicar a melhor forma de tratar sua osteoporose.  

Fontes: Blog da Saúde/Ministério da Saúde; Biblioteca Virtual em Saúde/Ministério da Saúde; Revista Saúde (link – medicina).